Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cozinha de Sentidos

Dom | 26.11.17

Bolo de abóbora canela e caramelo

Gualter Rainha

20757802_mZYqq.jpeg

IMG_20171123_173650_828.jpg

Uma receita com tons e aromas a Outono. Foi o que me serviu de inspiração.

Quem gosta de abobóra? Gosto da abóbora sobretudo nesta estação do ano. Altura que são colhidas.

Meus pais têm sempre imensas nesta altura, e oferecem-me algumas, o que é ótimo.

São abóboras muito doces! Os meu pais dizem que o segredo da doçura das abóboras, é que logo após serem colhidas, é necessário deixá-las ao sol algum tempo ainda antes de serem consumidas. Chamam-lhe processor de avelar.

Pois bem, é com estas mesmas abóboras que partilho esta nova receita com vocês.

Ingredientes:

  • 200 g farinha para bolos
  • 2 colheres de farinha de linhaça
  • 110 g de manteiga sem sal vegetal (temperatura ambiente)
  • 110 g de açúcar mascavado
  • 100 ml de bebida vegetal de bebida vegetal de soja ou aveia
  • 2 colheres de sopa de caramelo líquido
  • 1 colher de sopa de melaço de cana
  • 1 colher de café de fermento para bolos
  • 1 colher de chá cheia de canela
  • 1 colher de café de bicabornato de sódio
  • 150 gramas de abóbora crua (raspada)
  • 50 ml de aquafaba  em castelo (água da cozedura do grão) 

Creme e decoração

  • 300 ml de bebida de soja ou aveia
  • 70 g de abóbora cozida
  • 1 colher de café essência de baunilha ou similar 
  • 1 e 1/2 colheres de amido de milho 
  • Corante laranja (opcional)
  • 100 g de amêndoas com e sem pele
  • 100 g de alperce desidratado

Preparação

  1. Comece por descascar a abóbora e raspe-a. Reserve parte crua e coza a quantidade necessária para a receita (creme).
  2. Comece por ligar o forno a 180 º C para ir aquecendo. Unte uma forma de buraco 20 cm de diâmetro, com óleo ou manteiga polvilhada com farinha. Reserve a forma.
  3. Comece por bater a manteiga com o açúcar e a farinha de linhaça, até obter um creme fofo. Adicione o caramelo líquido, a essência de baunilha e o melaço de cana. Por fim, adicione a bebida vegetal e volte a bater e a envolver bem. 
  4. Junte os restantes ingredientes secos aos poucos, incorpore-os ao preparado anterior, envolvendo tudo. Por fim, junte a abóbora crua raspada e envolva com um salazar. 
  5. Bata o aquafaba em castelo, e incorpore suavemente ao preparado anterior.
  6. Verta o creme do bolo na forma que já foi untada inicialmente, e leve ao forno pré-aquecido a 180 º C por cerca de 40 minutos. Ou teste com um palito até que saia totalmente seco.

IMG_20171123_174752_274.jpg

Creme

  1. Junte todos os ingredientes num copo liquidificador ou similar, e depois de conseguir uma mistura homogênia, coe, e leve ao lume num tacho, para espessar o creme.
  2. Mexa sem parar em lume médio, até que o creme fique um pouco mais consistente. Deverá começar a fazer o ponto de estrada.

Nota: Deve deixar o creme arrefecer, para que endureça um pouco. Desta forma, poderá bater o creme com as varas de arame e acrescentar um bocadinho de leite (muito pouco), e ganhará um creme muito cedoso e brinhante. 

Apresentação

  1. Coloque o bolo no prato escolhido, e decore nas laterias do prato com os alperces e as amêndoas torradas.
  2. Coloque o caule da abóbora no topo do bolo, e verta o creme ainda bastante quente em cima, deixando escorrer sobre as laterias do bolo, envolvedo-se nas amêndoas e alperces.

IMG_20171123_174630_312.jpg

 

IMG_20171123_173138_350.jpg

IMG_20171123_173453_987.jpg

Disfrute deste bolo húmido e aromático, em boa companhia, com um licor Mulher do Capote a acompanhar. Acompanhei com o de amora, ficou uma combinação genial! 

http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#
Qui | 23.11.17

Tartelete de tamarilho

Gualter Rainha

IMG_20171123_180714_492.jpg

IMG_20171123_180505_638.jpg

 

Esta semana, os meus pais presentearam-me com algumas frutas e legumes da época, então pensei: Porque não aplicar-lhes alguma versatalidade?

Desde que me lembro, os tamarilhos por exemplo, apenas os vi em receitas doces, ou comidos de forma natural ao serem colhidos. Foi deste pensamento que surgiu esta receita salgada, com tamarilho, e digo-vos desde já que o sabor surpreendeu-me pela positiva.

Saliento, que as próprias épocas/estações do ano, presenteiam-nos com produtos fantásticos, e devemos aproveitar, pois são eles excecionais para o nosso organismo, de acordo com as carências que surgem nestas estações.

Aqui ficam alguns dos seus benefícios:

  • Fortalece o sistema imunitário
  • Controla a pressão arterial e o colesterol
  • Combate inflamações das amígdalas
  • Combate estados gripais
  • Bom em dietas de emagrecimento

Ingredientes (5 tarteletes)

  • 1 massa quebrada
  • 2 ovos
  • 200 ml de natas ou leite (podem substituir por vegetal)
  • 10 tamarilhos/ 2 por cada tartelete
  • 150 g de espinafres congelados ou 200 g frescos
  • 1 cebola pequena
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de sopa de molho de soja
  • Pimenta preta, sal e azeite q.b.

Preparação

  1. Comece por esticar a massa, colocando-a nas formas de tartelete. Com a ajuda do garfo faça pequenos pontinhos para que a massa liberte o ar durante a cozedura.
  2. Encha as formas com leguminosas antes de as colocar no forno, de maneira a que mantenham a sua forma. A massa deve ser pré-cozida por 20 minutos com o forno a 180 º C antes de colocar-se o recheio, tendo em conta o processo deste ponto (2). Depois da massa cozida, retire as leguminosas e reserve a massa pré-cozida.

Capturar.PNG

  1. Enquanto a massa coze, prepare o recheio. Leve ao lume a cebola, o alho e a pimenta preta com fio de azeite e pitada de sal, até que refoguem um pouco.
  2. Adicione os espinafres e o molho de soja e deixe reduzir um pouco, é rápido
  3. Bata os ovos com as natas/leite, até que esteja homogê neo. Junte o preparado anterior (espinafres) no creme de natas e ovo e envolva muito bem. Retifique sal se necessário
  4. Recheie as tarteletes com este recheio, deixando um pouco da massa por cobrir, visto que ao colocarmos o tamarilho, ainda enchem um pouco
  5. Retire a polpa de 2 tamarilhos por cada tartelete, e coloque-a sobre o recheio. Leve ao forno a 180 º C por cerca de 20 a 25 minutos, até que a massa esteja dourada e o creme cozido.

 

11.PNG

 

IMG_20171123_180334_947.jpg

IMG_20171123_180127_787.jpg

 

 

 

 

 

 

http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#