Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cozinha de Sentidos

Qui | 19.04.18

Salada de quinoa

Gualter Rainha

FB_IMG_1524142899784.jpg

Com os tempos a aquecer, as saladas já se fazem apetecer.

Esta salada de quinoa é verdadeiramente agradável, pelas suas cores, sabores e texturas.

Em termos de benefícios, é repleta de vitaminas, ómegas e aminoácidos essenciais presentes na quinoa. Além disso, tem fibras e minerais, sendo considerada uma das sementes mais completas em termos nutritivos.

O agave, é um xarope extraído da seiva da planta agave. É constituído por frutose, sendo uma boa opção de substituição ao mel.

 

Ingredientes

  • 200 g de quinoa
  • 2 medidas de água equivalente à quantidade da quinoa (cozer)
  • 100 g de amêndoa torrada
  • 1/2 de pimento vermelho picado
  • 120 gramas de milho cozido
  • Coentros frescos picados q.b.

Vinagrete

  • 2 colheres (sopa) de Agave
  • 1 colher (chá) de mostarda Dijon
  • 5 colheres (sopa) de vinagre de cidra
  • Sal e orégãos q.b.

Preparação

  1. Comece por lavar a quantidade desejada de quinoa. Este passo é importante para tirar o amargo existente na semente. Depois de lavada, leve a cozinhar com 2 medidas de água à quantidade da quinoa. Coze como o arroz.
  2. Logo que a quinoa absorva a água e esteja cozida, deixe-a arrefecer.
  3. Para preparar a salada, cortamos o pimento vermelho e juntamos todos os ingredientes onde os iremos envolver, incluindo o milho e os coentros picados.
  4. Prepare por igual as amêndoas, torre-as ligeiramente caso as tenha cruas.
  5. Prepare o vinagrete, juntando-o aos ingredientes da salada. Envolva bem.
  6. Volte a por alguns coentros picados por cima e sirva.

FB_IMG_1524142283858.jpg

 

http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#
Ter | 17.04.18

Copos com fruta

Gualter Rainha

FB_IMG_1523914349818.jpg

FB_IMG_1523913955843.jpg

Uma receita simples e bonita, de rápida preparação e saudável.

Estes copos de fruta serão a vossa salvação, para os jantares marcados na última da hora.

O chantilly é muito leve e feito com natas de soja, não contento lactose.

Os morangos são o elemento destaque desta sobremesa. São da Quinta do Pôr do Sol – Cláudio Medeiros, que se situa na Candelária, na Ilha de São Miguel.

A produção é sustentável, e os morangos são verdadeiramente deliciosos. Trazem novos conceitos de agricultura e produção, o que me cativou.

As físalis ou tomates de capuz, foram-me generosamente oferecidos, e trouxeram aquele toque de cor à sobremesa, bem como os kiwis, a menta e as sementes.

Uma salada de fruta servida de forma diferente, cheia de nutrientes, e sem muito pecado. São só bons motivos.  

Ingredientes

  • 200 ml de natas vegetais
  • 2 colher (sopa) de açúcar confeiteiro
  • ½ colher (café) de essência de baunilha
  • Pão de forma sem côdea
  • Morangos q.b.
  • Kiwis q.b.
  • Alguns físalis (tomate de capuz) opcional
  • Algumas sementes e folhas de menta
  • Outras frutas a gosto

Preparação

  1. Comece por preparar os copos. Passe um rolo de massa em cima de cada fatia de pão de forma, como se as estivesse a esticar. Coloque em forminhas e leve ao forno pré aquecido a 180 º C por 15 minutos, ou até que fiquem douradinhas. Deixe que arrefeçam um pouco antes de as usar.
  2. Prepare o chantilly vegetal. Bata as natas com o açúcar e a essência de baunilha até estarem cremosas. Se as natas já forem açucaradas, não coloque o açúcar.
  3. Coloque colheradas do chantilly em cada copo, com fruta cortada. Decore ao seu gosto.
  4. Decore com sementes (usei de sésamo pretas e de papoila) e folhas de menta se desejar.

FB_IMG_1523915710929.jpg

FB_IMG_1523913367317.jpg

 

http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#
Dom | 15.04.18

Feijoada vegetariana Portuguesa

Gualter Rainha

IMG_20180409_192306_962.jpg

IMG_20180413_192951_456.jpg

Este é uma daqueles pratos que adoro comer, e que me fazem lembrar a nossa herança gastronómica com cheiro a mediterrâneo.

Este prato surgiu pela inspiração de um prato que comi em casa de um amigo meu, o Emanuel. Feijoada igualmente muito saborosa.

Nesta minha versão decidi acrescentar alguns condimentos e levedura nutricional de cerveja, para enriquecer o prato em termos nutritivos.

Uma combinação entre o repolho (couve) branca, feijão encarnado e a paprika defumada, que trazem a essência de uma verdadeira feijoada Portuguesa, aos nossos sentidos.

 

Ingredientes

  • 500 g de feijão encernado cozido
  • 200 g de tomate pelado
  • 1 cebola e 1 dente de alho
  • 2 colheres (sopa) de calda de pimentão
  • 1 colher (sopa) de paprika defumada (preferêncialmente)
  • ½ pimentão vermelho
  • 150 g de repolho (couve) branco
  • 200 g de cogumelos frescos laminados (ou pode usar beringela)
  • 1 colher (sopa) de levedura nutricional de cerveja
  • 50 ml de vinho branco
  • Sal, azeite e pimenta preta q.b.
  • 1 folha de louro
  • Salsa fresca q.b.
  • 1 limão galego (ou outro)

Preparação

  1. Comece por cortar a cebola, o pimentão vemelho e o alho. Refogue-os em fio de azeite, e tempere com sal. Acrescente a pimenta preta a paprika e o louro, e deixe refogar mais um pouco.
  2. Adicione o repolho e os cogumelos (ou a beringela) cortados, deixando que reduzem um pouco. Adicione o vinho branco, o tomate pelado e a calda de pimentão. Deixe levantar fervura, e cozinhar por 15 minutos.
  3. Adicione o feijão, a levedura nutricional de cerveja e salsa picada q.b. Envolva tudo muito bem, enquanto cozinha mais 5 minutos.
  4. Leve ao forno num tacho ou pirex próprio, que deverá estar a 180 º C a 200 º C. Deixe que asse e gratine a feijiada. Nesse processo o molho também irá reduzir, tornando-se um pouco cremoso.
  5. Quando a feijoada estiver gratinada, e com pedacinhos de feijão, cogumelos (ou beringela) mais crocantes, está pronto para servir.
  6. Salpique com salsa fresca, esprema um pouco de sumo de limão galego, ou outro (se desejar), e pode acompanhar com arroz simples cozido.

IMG_20180413_193220_477.jpg

IMG_20180413_192503_714.jpg

 

http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#
Qua | 04.04.18

Parceria VegAçores (desconto nos Workshops)

Gualter Rainha

images.png

A VegAçores, é uma Associação Vegana dos Açores e tem como missão sensibilizar e promover o veganismo em todos os seus aspetos, incluindo o ético, e ecológico e o de saúde.

O seu foco principal é nos Açores, porém são livres de fronteiras.

Têm como objetivo, propor uma via de compaixão incondicional por todos os seres, o que inclui obviamente os humanos. Por isso privilegiam uma abordagem positiva na relação uns com os outros, usando métodos de trabalho e de intervenção pacíficos.

Aceda à sua página através desde link, https://vegacores.pt/ e conheça um pouco mais das suas motivações e atividades a desenvolver futuramente.

A Cozinha de Sentidos em parceria com a Associação VegAçores, coloca ao dispor dos sócios da associação VegAçores, o montante de 5 euros de desconto na inscrição individual, nos workshops a partir de 28 de abril de 2018.

Para usufruírem do desconto, deverão fazer-se acompanhar do seu número de sócio, e mencioná-lo no ato da inscrição.

Ajude a ajudar, associe-se a essa causa de compaixão global, com a VegAçores.

http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#
Seg | 02.04.18

Pudim de chia – Rubrica nº 1 (Vídeo)

Gualter Rainha

 

Capturar.PNG

Conhecem o conceito overnight? “Durante a noite”. 
São refeições que preparadas durante a noite, super nutritivas para comermos ao pequeno almoço, ou em lanches. São refeição rápidas e super saudáveis. O pudim de chia é um bom exemplo.

A chia tem inúmeros benefícios para a nossa saúde. Quando ingerida, o gel resultante da sua hidratação, promove a sensação de saciedade. Além disso, regula o intestino e o açúcar no sangue. Promove o emagrecimento e também a saúde da pele.

A aveia por sua vez é rica em proteína e em fibras. Sacia e melhora o funcionamento do intestino.

 

Ingredientes - Dose individual

  • 1 e ½ colher (sopa) de sementes de chia
  • 150 ml de leite vegetal
  • Cerca de 100 gr de manga madura
  • 1 colher (sopa) de bagas de goji
  • Alguns cajus crus
  • 4 colheres (sopa) de flocos de aveia
  • 6 colheres de sopa de leite vegetal ( da sua preferência) para demolhar a aveia.
http://blogs.sapo.pt/manage/images?blog=cozinhadesentidos#