Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cozinha de Sentidos

Seg | 13.01.20

Batata doce purple recheada

Gualter Rainha

IMG_20200113_125736_859.jpg

82259528_2462973444017424_1844080084399423488_o.jp

Esta receita além de colorida, é bastante nutritiva. Temos a batata doce, temos sementes de abóbora, temos a quinoa, temos a levedura nutricional e os bebenifios da curcuma. 

Podem comer enquanto refeição, ou como acompanhamento dependendo da quantidade ou tamanho da batata que farão. Eu comi enquanto refeição mesmo, dado que a quinoa já é uma proteína completa. 

Esta batata foi uma surpresa para mim.  Aqui na ilha de São Miguel, foi a primeira vez que encontrei, e estou rendido tanto ao seu sabor, textura e sua cor vibrante.

Para a batata e recheio

  • 4 batatas doces purple médias (roxas no interior)
  • 300 g de quinoa branca cozida (cerca de 100 g de sementes por cozer)
  • Salsa fresca picada
  • 1 piripiri sem sementes (opcional)
  • Sal e pimenta preta q.b.
  • Fio de azeite
  • Algumas sementes de abóbora

Molho amarelo

  • 150 ml de bebida vegetal (natural sem adoçante ou outra)
  • ½ colher de sobremesa de curcuma (açafrão)
  • 1 C. de café de alho em pó
  • pitada de pimenta preta
  • Pitada de sal
  • 1 colher de sopa de levedura nutricional
  • 1 C. de sopa de polvilho doce (ou amido de milho. Embora o resultado seja diferente)

Instruções

  1. Comece por lavar as batatas e enrole-as em papel de alumínio. Leve-as a assar em forno a 200 °C cerca de 40 minutos.
  2. Cozinhe a Quinoa. Lave-a bem, e junte 2 medidas de água à quantidade da quinoa, com pitada de sal. Proporção 2 para 1, idêntica, à forma que se cozinha o arroz. Depois que absorva a água, desligue e reserve um pouco.
  3. Depois de ter as batatas macias, faça um corte por cima de 3 batatas. Abra-as para os lados de forma a suportarem o recheio.
  4. Da batata restante, remova toda a sua polpa e junte-a à quinoa. Junte salsa picada, sementes de abóbora, tempere de sal e pimenta preta e regue levemente com fio de azeite.
  5. Para creme amarelo, basta envolver todos os ingredientes antes de ir ao lume. Cozinha-se pouco menos de 5 minutos, até a mistura ficar espessa. Pode usar o amido de milho no lugar do polvilho doce, mas o efeito desejado com maior “elasticidade” no molho, perde-se.
  6. Junte um pouco deste molho ao recheio, e envolva tudo de forma descuidada, para não envolver demasiado.
  7. Recheia as 3 batatas com este recheio, e coloque do molho amarelo por cima, e leve-as a gratinar cerca de 15 a 20 minutos em forno a 200 °C.
  8. Antes de servir, pique piripiri e salsa fresca e decore, caso queira.

IMG_20200113_125927_255.jpg

IMG_20200113_125841_326.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.