Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cozinha de Sentidos

Dom | 23.12.18

Kissângua de ananás dos Açores com toque Natalício.

Gualter Rainha

48411005_1034068476785382_4788216282463862784_n.jp

48374550_1034068453452051_8380567026652938240_n.jp

A Kissângua é uma bebida originária de Angola e é obtida a partir da fermentação das cascas do abacaxi com açúcar e água, durante alguns dias. É uma ótima forma de aproveitar as cascas, dando assim brilho a um produto que geralmente é descartado. Mas devo dizer-vos, vocês vão-se surpreender com o sabor desta deliciosa bebida.

É levemente gaseficada através da fermentação natural, com uma percentagem muito reduzida de álcool, e além disso é uma bebida nutritiva e digestiva, que pode ser consumida durante a após as refeições. 

Esta receita foi feita com ananás, trazendo parte da minha herança Açoriana, e igualmente, quis um toque a Natal, ao adpatar com as bengalinhas doces. Delicie-se!

Ingredientes

  • 1 ananás dos Açores
  • 2 litros de água
  • 200 g de açúcar amarelo/mascavado
  • Gelo q.b.
  • Pedacinhos de ananás para servir q.b. (opcional)
  • Bengalinhas de Natal
  • Folhas de menta q.b. (opcional)

Instruções

  1. Comece por cortar as cascas do abacaxi com um pouco de polpa da fruta. Lave
    bem as cascas, deixando-as de molho 5 minutos em água a ferver.
  2. Dentro de um alguidar, jarro, etc., coloque o açúcar, as cascas lavadas e adicione
    os 2 litros de água.
  3. Tape com um pano por cima, e deixe fermentar à temperatura ambiente de 2 a 3
    dias. Quando começar a fazer espuma ao 1/ 2 dia, é bom sinal.
  4. Após fermentado, passar para uma garrafa e conservar 2 dias até, no frigorifico
    Deve ser servido fresco, com gelo e folhas de menta e bocadinhos de abacaxi ou ananás
  5. Para dar um toque a Natal, ou passagem de ano, decore com bengalinhas.

48394913_1034068503452046_4478002863531884544_n.jp

48375967_1034068540118709_7135845823069290496_n.jp

48407698_1034068560118707_4627709308753149952_n.jp