Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cozinha de Sentidos

Seg | 12.04.21

Salada rústica de batata com pesto de rúcula

Gualter Rainha - Cozinha de Sentidos

 

IMG_20210404_192212_997 (1).jpg

IMG_20210404_212228_752.jpg

IMG_20210404_211542_852 (2).jpg

A receita desta semana é esta salada quente com pesto de rúcula, e está presente na minha nova rubrica do Jornal Açores 9, podem ver aqui (abrir)

Começo por vos falar dos frescos que usei da Azores Fresh, nomeadamente a rúcula e a batata. Para quem pretende opções já prontas a consumir, esta marca valoriza o mercado regional e os produtos são colhidos nos Açores, o que nos garante melhor qualidade, além de podermos apoiar a economia local.

Enquanto Food bloguer, eu valorizo muito e dou preferência aos produtos produzidos na região, mas junto a minha criatividade para embarcar em viagens de aromas e sabores de outros países ou culturas.

Esta salada é a conjugação de produtos regionais com uma receita de origem Italiana, o pesto, que neste caso é feito com rúcula e amêndoas, numa versão sem quaisquer derivados de origem animal, uma vez que uso a levedura nutricional para substituir o parmesão.

A levedura de cerveja ou a levedura nutricional, podem encontrar em lojas de produtos naturais como a Bioforma Açores.

Ingredientes

  • 800 g de batata miudinha
  • 1 molhe de  rúcula selvagem
  • 300 g de amêndoas cruas
  • 100 g de amêndoas inteiras torradas
  • Sumo de 1/2 limão
  • 2 c. de sopa de levedura de cerveja
  • Pitada de sal
  • Pitada de pimenta preta
  • 1 dente de alho
  • 250 ml de azeite

Preparação

  1. Lave as batatas e coze-as em água com sal.
  2. Entretanto, e enquanto as batatas cozem, lave a rúcula e remova os talos mais fibrosos. Eu usei preparado de rúcula selvagem da Azores Fresh, que já está limpo e lavado.
  3. Adicione as amêndoas cruas num robô de cozinha e triture-as até ficarem totalmente desfeitas. Junte 150 g de rúcula limpa, o sumo de limão, o dente de alho, a levedura de cerveja e o azeite, e triture tudo até que obter uma pasta verde bastante aromática.
  4. Tempere de sal e com a pimenta preta e volta a triturar. Transfira o pesto para um frasco hermético esterilizado, desta forma o que não usar poderá conservar no frigorífico por algumas semanas.
  5. Depois de ter a batata cozinhada poderá optar por remover a sua casca ou pode-a deixar, a casca depois da batata estar cozinhada sai muito fácilmente.
  6. Desfaça a batata um pouco e envolva metade do pesto que preparou. Acrescente amêndoas torradas e folhas de rúcula frescas e sirva.

IMG_20210404_192212_997 (1).jpg