Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cozinha de Sentidos

Ter | 23.01.24

Sumo detox de beterraba e maçã

Gualter Rainha - Cozinha de Sentidos

271899070_474220444281769_8623706592080638701_n.jp

 

Os sumos detox são uma das formas mais deliciosas e práticas de aumentar o consumo de vegetais  crus, e assim aproveitar todos os seus bons nutrientes, desintoxicar e alcalinizar o organismo e ainda aumentar a nossa energia e vitalidade.

Um batido é o resultado da trituração dos legumes e/ou fruta inteiras com um líquido.

Os sumos podem ser feitos num processador de alimentos, num liquidificador ou até mesmo com uma varinha mágica. Ao contrário do sumo, no batido aproveitamos toda a polpa, contendo assim todas as fibras do alimento.

Os sumos detox são muitos simples de fazer, e as combinações são quase infinitas, no entanto, precisam de alguma estrutura. Para os principiantes, para quem está a começar a beber este tipo de bebeida, recomenda-se uma proporção de 60 porcento de fruta para 40 porcento de vegetais, e  depois, aos poucos, convém ir invertendo para mais quantidade de vegetais para obtermos uma bebida mais rica em vegetais do que em fruta.

O que devemos usar?

  • Verduras, legumes:acelgas, aipo, couves de folha escura, brócolos, couve-flor, espinafres, ervas aromáticas (coentros, salsa, manjericão, hortelã), rúcula, alface, agrião, pepino, curgete.
  • Raízes ou tubérculos: cenoura, beterraba, gengibre, curcuma.
  • Frutas frescas ou frutas congeladas: Maçãs, pêras, abacaxi, ananás, laranjas, limão, tangerina, banana, manga, frutos silvestres, morangos, tâmaras, abacate, outras frutas.
  • Sementes e superalimentos: sementes de cânhamo, sementes de chia, sementes de linhaça, sementes de abóbora, sementes de girassol, spirulina, clorela.
  • Gorduras: nozes, amêndoas.
  • Líquidos: água ou chás. 
  • Proteínas em pó: como por exemplo proteína de cânhamo, ervilha ou outras
  • Cereais integrais: como por exemplo a aveia.

Algumas desvantagens que aponto são alguma flatulência, e o sabor na fase inicial para quem não está habituado, mas nada que não justifique o seu consume e proveito de tantos benefícios.

No caso desta receita, a maçã e o sumo de limão tornam este sumo muito mais apetecível em sabor para quem não gosta muito do sabor da beterraba. 

Ingredientes

  • 100 g de beterraba crua cortada aos cubos e descascada
  • 1 maçã de casca vermelha cortada aos cubos (maçã da sua preferência)
  • 250 ml de água ou chá verde
  • Sumo de meio limão
  • 1 colher (sopa) de farinha de linhaça
  • Stévia, ou outro adoçante saudável se necessário (de evitar)

Modo de preparação

  1. lave bem todos os ingredientes, descasque a beterraba, limpe os caroços e pevides da maçã, e corte tudo conforme sugiro nos ingredientes.
  2. Junte todos os ingredientes no liquidificador e triture muito bem. 
  3. Coe o conteúdo para separar a polpa do líquido. Pode fazer isto com um tecido de voal, com um coador bem fino, com uma centrifugadora, ou com um utensílio que por acaso utilizo que se chama chufamix. Este utensílio (chufamix) já separa a polpa do líquido no processo e trituração, é fantástico.

Não se esqueça que poderá substituir a água por chá.